Este site pode utilizar cookies para nos ajudar a melhorar a sua experiência de utilizador pessoal. Por favor, leia nossa política de privacidade para saber mais sobre cookies.

PENTAX: A escolha para a Astrofotografia

Meu nome é Takaki Kasahara. Sou engenheiro de equipamentos de astrofotografia; meus amigos me chamam de Hoshi Otoko, ou Homem Estrela.

Minha astrofotografia mudou dramaticamente com a introdução da PENTAX O-GPS1 e sua função ASTROTRACER. Antigamente, se quiséssemos seguir o movimento das estrelas e capturar belas imagens de corpos celestes, teríamos que mudar a posição da câmara. Isso significava usar equipamentos pesados e complexos, como dispositivos equatoriais. 

A unidade GPS PENTAX O-GPS1, lançada em 2011, simplificou a fotografia de rastreamento celestial por meio do uso da função ASTROTRACER em combinação com uma câmara SLR digital PENTAX. É claro que comprei o O-GPS1 assim que foi lançado e decolei com minhas duas câmaras - uma PENTAX K-5 e uma PENTAX K-r - para sessões fotográficas no Monte Fuji, na região montanhosa de Okuchichibu, ao norte de Tóquio, e Yuzawa, na província de Niigata, à procura de um céu limpo durante a estação chuvosa.

Nesta lição, compartilharei meus pensamentos sobre essas funções e acessórios com fotógrafos amadores que procuram fotografar céus estrelados (em vez de peritos e especialistas em astrofotografia) e explicarei porque acredito que Pentax é o melhor equipamento fotográfico disponível neste campo.

ASTROTRACER: uma ferramenta de imagem exclusiva

Faz sete anos desde que a função ASTROTRACER fez sua estréia e muitas pessoas estão familiarizadas com ela. Esta função desloca o sensor de imagem da câmara em sincronia com o movimento dos corpos celestes, capturando imagens nas quais estrelas e planetas parecem estar estacionários.

  • Como a Terra está girando, exposições prolongadas podem resultar em estrelas em fluxo contínuo.

  • Ao rastrear com precisão o movimento das estrelas, a função ASTROTRACER as captura como imagens pontuais mesmo com exposições estendidas.

O que é o ASTROTRACER?

É uma função fotográfica de rastreamento celestial que acopla o mecanismo de Shake Reduction (SR) embutido na câmara com dados de GPS. (Clique aqui para mais detalhes)

 

O que é o PENTAX O-GPS1?

É um módulo de GPS que permite que câmaras não equipadas com a funcionalidade de GPS gravem astrofotografia através do uso da função ASTROTRACER. (Clique aqui para mais detalhes)


Nota: As câmaras PENTAX com a função GPS, como PENTAX K-1 Mark II, K-1 e K-3, oferecem a função ASTROTRACER sem a necessidade do O-GPS1.

 

  O que é calibração?

É o processo de ajustar corretamente o O-GPS1 (ou uma câmara equipada com GPS) para obter dados de posição precisos. (Clique aqui para mais detalhes)

Pensando em astrofotografia, a maioria das pessoas que estão familiarizadas com equipamentos fotográficos provavelmente tem uma imagem de equipamentos pesados e complexos. A função ASTROTRACER, no entanto, reduz o equipamento necessário ao mínimo.

Foto à direita: Este kit é tudo que você precisa!

  • PENTAX K-70
  • Unidade PENTAX O-GPS1 GPS
  • HD PENTAX-DA 16-85mm F3.5-5.6ED DC WR
  • Tripé e plataforma de câmara

 

 

Foto abaixo: O kit descrito anteriormente tirou esta bela foto celestial.



PENTAX K-70 com O-GPS1, HD PENTAX-DA 16-85mm F3.5-5.6ED DC WR
ASTROTRACER on; diafragma F4.5; exposição 60 segundos: ISO3200, 16mm distância focal
(tirada em Yuzawa, Niigata em 18 de junho de 2018)

  • A câmara pode ser colocada no chão, se necessário.

     

  • O tamanho e o peso do seu equipamento fotográfico podem ser bastante reduzidos.

O ASTROTRACER proporciona várias vantagens não disponíveis com dispositivos equatoriais: 

A primeira é a simplicidade, operações fáceis de entender. Basta fazer uma calibração de alta precisão para configurar adequadamente a câmara e expor a imagem por 30 a 90 segundos, dependendo da distância focal da lente que está sendo usada. Isso captura as estrelas como imagens pontuais e também permite fotografar facilmente a Via Láctea e as nebulosas, objetos difíceis de enxergar a olho nu.

A segunda vantagem é que, ao contrário do uso de equipamentos equatoriais, você não precisa de habilidades especiais ou conhecimento astrofotográfico. O equipamento equatorial requer um alinhamento polar baseado na posição da Estrela do Norte. Por outro lado, a calibração de alta precisão do ASTROTRACER pode ser feita mesmo no hemisfério sul, onde a Estrela do Norte não aparece. Depois de configurar a câmara com base na calibração de alta precisão, a câmara memoriza a configuração - mesmo quando a energia é desligada ou quando a câmara montada no tripé é reposicionada para recompor a imagem. Este é um recurso muito útil na fotografia de campo.

Como o sistema O-GPS1 é leve, você pode usar um tripé compacto. Quando você está com pressa, pode até colocar a câmara no chão. Este reposicionamento livre da câmara simplesmente não é possível com dispositivos equatoriais, então esta é uma vantagem extremamente importante.

Especialmente com o equipamento fotográfico compacto, como dispositivos equatoriais portáteis, a composição da imagem é crucial. Mesmo um leve movimento do equipamento ao compor uma imagem pode causar um erro no alinhamento polar. Ou se você tentar forçar uma composição difícil e desequilibrar o equipamento, todo o sistema fotográfico pode estar fora de linha. De qualquer forma, o resultado são estrias, não estrelas pontiagudas, na imagem.

A vantagem final e mais importante é o custo razoável para um sistema de astrofotografia em grande escala. 

Deixe-me listar estas vantagens:

 

ASTROTRACER:

  • Um tempo de exposição de 60 segundos, por exemplo, pode capturar uma imagem celestial com estrelas como imagens pontuais e nuvens flutuantes; 
  • A fotografia telefoto está disponível até uma distância focal de 135 mm; 
  • Os dados de calibração de alta precisão são mantidos enquanto a bateria permanecer no corpo da câmara: As lentes PENTAX mais recentes podem ser trocadas enquanto a energia da câmara e do O-GPS1 estiver desligada; As lentes manuais sem contatos de informação da lente requerem a entrada de dados de distância focal; Este é um recurso muito útil quando você está esperando o céu clarear em um carro ou em uma tenda; Quando você muda para um local completamente novo, pode ser necessário repetir a calibração de alta precisão.
  • Você pode reposicionar a câmara montada em tripé para recompor a imagem. Este é um benefício extremamente importante na astrofotografia;
  • Você pode colocar a câmera no chão;
  • A calibração de alta precisão pode ser feita em locais onde a Estrela do Norte não aparece;
  • O ASTROTRACER é útil no hemisfério sul;
  • ASTROTRACER fornece imediatismo:
  • Quando você se deparar com um belo céu estrelado na estrada, você pode completar sua astrofotografia em apenas 10 minutos. 

Dispositivos equatoriais:

  • O alinhamento polar não pode ser feito, ou é extremamente difícil de manusear, em locais onde a Estrela do Norte não pode ser vista ou não aparece;
  • O alinhamento polar no hemisfério sul não é confiável;
  • Os modelos portáteis são leves demais para serem estáveis, enquanto os tripés compactos não têm resistência mecânica. Além do desalinhamento polar, a composição de imagem mal balanceada pode resultar em estrelas em movimento;
  • O sistema não pode ser facilmente reposicionado depois de configurado;
  • As dimensões compactas podem sofrer de desalinhamento polar ou podem fazer com que todo o sistema de imagem seja deslocado. Na verdade, a composição da imagem é um processo extremamente crucial porque o eixo polar desalinhado pode impossibilitar a captura de imagens;
  • Custos de equipamentos elevado, além do sistema básico de câmaras;
  • São necessários habilidades especializadas e conhecimentos astronômicos para o bom funcionamento;
  • São necessárias habilidades especializadas para a astrofotografia imediata em viagens familiares; 
  • Mesmo os modelos portáteis são bastante pesados e complexos;
  • São necessários habilidades especializadas e treinamento extensivo para a astrofotografia rápida: por exemplo, o céu pode facilmente ficar nublado durante o complicado alinhamento polar e composição da imagem.

As razões pelas quais o equipamento PENTAX tem o melhor desempenho em astrofotografia

Estive a descrever a função ASTROTRACER, mas também acredito que as câmaras digitais SLR PENTAX oferecem muito mais em astrofotografia funcional.

 

Corpo à prova de poeira, resistente a intempéries e frio até -10°C, mesmo com modelos da classe PENTAX K-70 

A astrofotografia é uma batalha contra o orvalho da noite. Depois de uma sessão fotográfica prolongada, é muito provável que a câmara esteja encharcada. No inverno, todo o sistema de câmaras pode estar sujeito ao risco de congelamento.

 

Foto à direita: A PENTAX K-1 operando em condições de congelamento.

O ecrã LCD Vari-Angle da PENTAX K-70 e o ecrã LCD dobradiço Tilt-Type da PENTAX K-1 são ferramentas úteis

Os modelos recentes oferecem recursos fáceis de usar, como ecrã de luz vermelha e funções de ecrã externo.

 

Foto à direita: O ecrã LCD Vari-Angle da PENTAX K-70 é útil em fotografia com posição vertical.

 

Uma mudança drástica da posição ou do ângulo do ecrã LCD Vari-Angle após a calibração de alta precisão pode causar uma alteração no campo magnético ao redor da câmara e afetar a precisão do desempenho de rastreamento celestial da câmara.

Mesmo uma imagem JPEG de disparo único mostra excelente reprodução de cores, capturando a Via Láctea em imagens especialmente belas

Embora a imagem abaixo tenha sido tirada com uma câmara não modificada de uso genérico, a área avermelhada, uma região HII liberada por uma nebulosa gasosa, é reproduzida relativamente bem.



PENTAX K-5 IIs com O-GPS1 e smc PENTAX-DA L 18-55mm F3.5-5.6AL
ASTROTRACER on; diafragma F4.5; exposição 90 segundos; ISO 3200, 18mm distância focal
Tirada na 5ª Estação do Monte Fuji
A objetiva faz parte do kit de objetivas PENTAX K-r.

Outras características notáveis incluem:

  • A escolha do modo Interval Bright Composition para o processo de síntese de imagem na câmara da função Interval, portanto nenhum software adicional é necessário;
  • A função ASTROTRACER permite o uso de ISO 3200 ou inferior para fotografia celestial: sinto que as câmaras digitais SLR atuais têm um limite de alcance dinâmico de aproximadamente ISO 3200. Como a Terra (e, portanto, as estrelas, vistas pela câmara) gira relativamente rápido, mesmo uma lente grande angular não pode capturar corpos celestes como imagens pontuais com uma exposição de até 15 segundos. Uma exposição de 30 segundos na ISO 3200 irá definitivamente reproduzir as estrelas como imagens lineares. Para evitar esse problema, uma exposição de cerca de 10 segundos na ISO 6400 é comumente usada hoje em fotografia celestial, embora o fotógrafo saiba que essa alta sensibilidade resultará em imagens granuladas. Portanto, a capacidade do ASTROTRACER de capturar imagens em ISO 3200 ou menor é uma tremenda vantagem para o astrofotógrafo.

A PENTAX oferece uma ampla seleção de objetivas da série DA em formato APS-C 

A PENTAX não apenas oferece uma variedade de objetivas intercambiáveis, mas também as comercializa a preços razoáveis. Graças à função ASTROTRACER, você pode capturar belas imagens celestes mesmo com lentes relativamente lentas.

Foto abaixo: HD PENTAX-DA 15mm F4ED AL Limitada, com diafragma até F5.6  



PENTAX K-70 com O-GPS1 e HD PENTAX-DA 15mm F4ED AL Limited
ASTROTRACER on; diafragma F5.6; exposiçao 60 segundos; ISO 3200; 15mm distância focal
Tirada em Yuzawa, Niigata

Objetivas mais antigas de montura K e sistema 67 podem ser usadas em astrofotografia 

As objetivas que você guarda em um armário - até mesmo modelos mais antigos e mais baratos - podem se tornar ativos valiosos em sua astrofotografia.

 

 

Dicas úteis ao usar o seu equipamento PENTAX para capturar imagens celestes

Pessoas como eu que viajam com o único propósito de astrofotografia podem ser uma raça rara, mas eu sei que há muitas pessoas que viajam para lugares onde eles podem ver lindos céus estrelados. Eles podem até experimentar um encontro único na vida com um céu inesquecível e de tirar o fôlego. Se você transportar a PENTAX K-70, a PENTAX O-GPS1 e um tripé compacto com você, estará pronto para capturar imagens como a abaixo e em apenas alguns minutos.

Foto abaixo: HD PENTAX-DA 16-85mm F3.5-5.6ED DC WR, fixado em 16mm grande angular e máxima abertura

PENTAX K-70 com O-GPS1 e HD PENTAX-DA 16-85mm F3.5-5.6ED DC WR
ASTROTRACER on; diafragma F3.5; exposiçao 60 segundos; ISO 3200, 16mm distância focal
Tirada em Ueno-mura Sky Bridge, Gunma

Foto abaixo: A inclusão de luzes artificiais em uma paisagem noturna iluminada por estrelas pode produzir imagens interessantes.

PENTAX K-70 com O-GPS1 e HD PENTAX-DA 16-85mm F3.5-5.6ED DC WR
ASTROTRACER on; diafragma F4.5; exposiçao 60 segundos; ISO 3200, 16mm distância focal
Tirada na estação de esqui Kagura-Mitsumata, na província de Niigata, em 18 de junho de 2018. 
Marte aparece à esquerda, Saturno no meio e Antares na constelação de Scorpius à direita. 

Foto abaixo: PENTAX captura excelentes imagens celestes com uma objetiva do kit.



PENTAX K-70 com O-GPS1 e smc PENTAX-DA 18-135mm F3.5-5.6ED AL[IF] DC WR
ASTROTRACER on; diafragma F4.5; exposiçao 60 segundos; ISO 3200, 53mm distância focal
Tirada em Ueno-mura, Gunma

Foto abaixo: A Galáxia de Andrômeda (também conhecida como M31) é capturada como uma série de imagens JPEG usando uma objetiva PENTAX K-70 e um kit,  processada posteriormente para produzir uma única imagem composta. 



PENTAX K-70 com O-GPS1 e smc PENTAX-DA 18-135mm F3.5-5.6ED AL[IF] DC WR
ASTROTRACER on; diafragma F5.6; exposiçao 30 segundos; ISO 6400, 135mm distância focal

Esta imagem é sintetizada a partir de uma série de imagens JPEG usando técnicas de processamento de imagens astrofotográficas. As imagens originais foram capturadas com uma PENTAX K-70 e um kit de objetivas. 


Dados de processamento específicos:

  • Uma imagem composta sintetizada a partir de 21 imagens com 30 segundos de exposição (técnicas de processamento astrofotográficas aplicadas)
    Tempo total de exposição: 10 minutos, 30 segundos (com processamento de subtração escura; sem processamento plano) 
  • Todas as imagens foram reduzidas em um tamanho equivalente a uma objetiva de 300 mm. 

Todas as fotos mostradas neste artigo foram tiradas com câmaras PENTAX e objetivas disponíveis no mercado.    

Para capturar boas imagens celestes, é importante viajar para um local com um céu bastante escuro. Pode ser difícil para os não-astrofotógrafos, especialmente as fotógrafas, sentirem-se à vontade para sair sozinhas no meio da noite. Se você está com a família ou amigos, no entanto, você terá muitas oportunidades para capturar belas imagens celestes, mesmo quando estiver visitando o exterior. Seria muito difícil ou quase impossível carregar um dispositivo equatorial e um tripé na sua bagagem, juntamente com todas as outras necessidades de viagem. É aí que a vantagem da PENTAX é clara.

Se você quiser tirar fotos como as que mostrei aqui, o sistema de imagens que descrevemos permitirá que você faça o mesmo, com facilidade e rapidez.

Meu trabalho como engenheiro de equipamentos astrofotográficos é único; no meu trabalho, eu realizo muitos tipos diferentes de sessões fotográficas usando várias câmaras. Em algumas de minhas tarefas, simplesmente não posso falhar, como é o caso de fotógrafos profissionais. No entanto, o imediatismo do ASTROTRACER sempre foi de grande ajuda para mim.

Se você está planejando fazer imagens celestiais no futuro, eu aconselho que você use o equipamento PENTAX, incluindo o exclusivo ASTROTRACER. Tenho certeza de que isso pode realmente aumentar a diversão e a emoção durante as viagens e nos locais onde queira realizar sessões fotográficas.

Os produtos PENTAX apresentados neste artigo são os seguintes:

Perfil

Takaki Kasahara

  • Um misterioso perito em equipamento de astrofotografia e engenheiro omnidirecional, conhecido na Internet como Hoshi Otoko (Homem Estrela). 
  • Desde que herdou uma PENTAX S2 de seu pai há mais de 40 anos, ele tem sido um fã dedicado de PENTAX, usando todos os modelos PENTAX desde a PENTAX K-x para capturar imagens celestes. 
  • Graduado em Engenharia Elétrica pela Faculdade Técnica de Ikuei (atual Faculdade Salesiana de Tecnologia de Tóquio).
  • Engenheiro Eletricista e Radio licenciado, além de diretor representante da Advanced Feature Technologies (AFTEC).   
  • Desenvolveu um sistema de autofoco laser supersônico para microscópios e trabalha como especialista de sistemas de autofoco instalados em microscópios de deslocamento a laser. 
ao início